terça-feira, 31 de março de 2009

Iberismo: sim ou não?

Vivemos num país liderado por um mentiroso.

Vivemos em crise.

Gastamos dinheiro em estádios em vez de ser em Hospitais ou na Educação.

Temos o caso Freeport.

Temos um 1º Min. que não é engenheiro mas queria ser.

Se fosse só por estas razões ficava na dúvida sobre a junção de Portugal com a Espanha. Contudo há um ponto determinante para a minha convicção iberista. Querem ver?

Já imaginaram uma selecção com:
. Casillas
S. Ramos Carvalho Pepe Puyol
Senna
Xavi Iniesta
Deco
C. Ronaldo F. Torres

Banco: Reina, Bosingwa, Bruno Alves, Silva, Villa, Joaquin, Simão, Xabi Alonso, Fabregas, Quaresma, Nani, Raul, Guti...

É preciso continuar? E agora pergunto-vos: Iberismo, sim ou não?

11 comentários:

argolinhas99 disse...

senna, pepe e deco??? isso e brasilo-ibeirismo mau-ra-dona...

argolinhas99 disse...

ah e claramente o nuno gomes e superior ao torres...

JoaoMoutinho disse...

"Gastamos dinheiro em estádios em vez de ser em Hospitais ou na Educação"

Parece que construimos um estadio de 5 em 5 minutos.
O sector onde o estado gasta mais dinheiro é a saude pah!
Se nao fosse a saude, nos estariamos economicamente muito bem. Mas nos nao fazemos como o EUA, que por ano morrem la 25.000 pessoas pq nao tem dinheiro para pagar seguro de saude.
Imagina agora quantas mil morreriam em portugal, caso essa medida fosse tomada.

Tens aqui tao perto a construção do polo 3 e do novo pediatrico.
Achas que o Socrates fica com o dinheiro?
Ele so faz o que pode!

E raro ouvir um elogio. So se critica..

IRRA! disse...

Desculpa lá, moutinho... já sei que ele não é mentiroso. já sei que ele não acabou a licenciatura a um domingo. já sei que ele não tem nada a ver com o caso freeport.

É raro ouvir um elogio? O que é raro é conseguir que pessoas como tu, que são do PS ou do PSD como quem é de um clube de futebol e não pelas convicções nem pelas políticas que defendem, é raro ouvir-vos criticar.

Quando é contra o vosso partido é tudo uma cabala, tudo criado para atacar os coitadinhos. Mas quando é algo a favor já são "jornalistas isentos e bons profissionais"...

Viva o teu Futebol Clube PS!

IRRA IRRA! disse...

e, já agora... vai a este link e vê o vídeo TODO:
http://diario.iol.pt/alertas---politica/tvi24-socrates-freeport-freeport-dvd-tvi-socrates/1052899-3209.html

Já sei que vais dizer que é porque a tvi está contra o Sócrates... Mas já nem ligo... o pior cego é aquele que não quer ver ;)

Cláudia disse...

Hahaha, fazer publicidade ao blog no Curto Circuito é que é xD

Mas vá, gostei :P

Poulsen disse...

Para quem quer falar de política em Porttugal ...

http://www.youtube.com/watch?v=LffslKoCqZo

http://www.youtube.com/watch?v=l6BvcZzRM6I&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=LhnGuKPQbzo&feature=related

Ricardo Pereira disse...

Perdoem-me, mas, neste comment, vou pôr a brincadeira e as heteronimias de parte, porque, e desculpem-me mais uma vez, discordo redondamente da ideia demonstrada no comment do João Moutinho.


Primeiro há que esclarecer alguns pontos: o Estado tem como funções, para além de regular a economia, tomar como seu cargo funções que os privados, por norma, não querem tomar, de forma a tornarem-se bens públicos, ou seja, de livre acesso a toda a populãção. Daí que, pastas como as da Educação e Saúde, entre outras, pertençam ao Estado. É óbvio que o Estado tem prejuízos enormes na Saúde, porque os preços são demarcados abaixo do preço de mercado, de forma a que o lucro ou é muito reduzido ou é negativo, como é o caso.


Não sei se tens noção do dinheiro que foi gasto nos estádios, provavelmente não tens. Se foi mau investimento? Não, não foi, pelo menos em termos contabilísticos, porque permitiu-nos, através de factores multiplicativos da economia, como os recém-entendidos, como eu, devem saber, o investimento público traz ganhos superiores ao do próprio investimento. No entanto, em termos económicos poder-se-ia ter feito um negócio muito melhor.

É importante relembrar, para os mais esquecidos, que o desporto em Portugal não é só futebol, que existem outros que trazem muitos mais prémios e condecorações ao nosso País e que mereciam novos desenvolvimentos. Não estou a dizer para não terem construído estádios de futebol, mas será que uma construção de menos estádios, acompanhados de uma renovação/restauração dos antigos, juntamente com construções de complexos desportivos que dessem condições mais benéficas a outros desportos não seria mais proveitoso? É que estádios para dois ou três jogos de futebol e depois andarem como o do Leiria, às moscas, a parecer um campo de lego abandonado no meio de uma cidade não é mau, é péssimo.

Não me venham dizer que sou contra este governo, porque não sou, aliás, sou até bastante a favor e pretendo que ele continue lá por muitos anos. Mas não esquecer novamente, que não foi este governo o responsável pela construção dos estádios, porque se o euro foi em 2004 e os estádios por essa altura já estavam construídos, digamos que o Sócrates, se fosse alguma coisa, era, no máximo ministro do Ambiente, por isso João Moutinho não é por aí.

Pura e simplesmente, e com a maior das sinceridades, não percebi a tomada de posição em relação aos EUA e penso que qualquer comparação com eles sairá furada, porque há largos anos que os EUA têm uma tradição diferente, mas complementar da nossa, pelo que não estaríamos na posição em que nos encontraríamos hoje.

Digo apenas, para não me alongar muito, que um exemplo de um bom investimento público seria a construção de centrais nucleares em Portugal, cuja população, infelizmente, teima em continuar céptica, porque digamos que, com um investimento semelhante ao do TGV, reduziriamos a nossa dependência energética, a grosso modo em 75%. Era bom não era?

Mas este é o país em que vivemos.



Ricardo Pereira

Anónimo disse...

Nani no banco? O futuro melhor jogador do Mundo? E o Hugo Almeida, não joga? Já para não falar Nuno Valente que nem nos convocados está

diogodigas disse...

Iberismo?! Nunca camaradas!! Do que é que serviu tantas batalhas contra os Mouros, Suevos, Celtas, Romanos e Espanhois?? Foi graças a estas batalhas e outras que se seguiram que fomos reconhecidos independentes no nosso "Condado Portucalense". Vamos ter um bocadinho de patriostismo e orgulho no que conquistámos e no que nos tornamos, Portugueses!!

Vota em mim, DiogoDigas, Primeiro-Ministro =D Abaixo Pinocrates!!

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ prix viagra
http://commanderviagragenerique.net/ achat viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ viagra generico

Publicidade

Para efeitos legais é importante explicar que o nosso site usa uma Política de Publicidade com base em interesses.