terça-feira, 30 de junho de 2009

Déjà vu

O VPS bem tentou solucionar a crise financeira que se debatia sobre o ténue bairro da Amadora, onde uma estrela brilha agora com menos intensidade.

Depois de um ano em que o Estrela da Amadora pagou meio ordenado aos seus jogadores por um ano de trabalho, viu a sua recompensa chegar, finalmente. É verdade que os jogadores do Estrela receberam dois meses de salários, mas um e meio foi pago pelo sindicato dos jogadores profissionais de futebol. Não que tenha alguma coisa contra o clube... Que não tenho. Apenas considero a pena no mínimo justa. Esta passa pela recusa da inscrição deste clube na Liga Sagres para já.

O clube da Reboleira ainda tentou solucionar o problema com a medida que passo a citar, fazendo minhas as palavras de um artigo do Record:
"O E. Amadora tencionava inscrever uma SAD na Liga de Clubes, mas o organismo considerou que a sociedade não existe, por não estar registada.

A inscrição de uma SAD visava contornar o facto de o clube não cumprir os pressupostos financeiros exigidos pela Liga, devido à não aprovação de um Plano Extrajudicial de Conciliação (PEC) que lhe permitisse regularizar, de forma faseada, as dívidas ao Fisco e Segurança Social."

Déjà vu? Porquê? Bem... Acho que já vi este filme em qualquer lado. Ora vejamos... Uma certa equipa do Restelo (que por sinal eu aprecio pela sua história), desce de divisão. Por um ou outro motivo de secretaria uma equipa do escalão máximo do futebol português vê-se privada do mesmo. O Belenenses ascende à Liga Sagres. Dois anos quase seguidos! É obra!

Pessoalmente ainda bem que isto aconteceu, porque sou simpatizante do Belenenses pelo que representa para o futebol português, e depois de tantas equipas com história que se vão perdendo por esses escalões mencionados na liga dos últimos, era uma pena não ter um ex-campeão nacional entre nós.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Este é o estado da nossa nação

Inovador vai ser aquele que há-de recriar a comédia, pondo de lado o sarcasmo e destacando os pontos positivos de Portugal. Onde ele anda? Enquanto isso, apenas fica mais um registo num vasto mar de troça :)

Nota: Gosto imenso do video e para alem do mais, gosto da forma irónica como o Luis filipe borges dirige os seus programas! Para quando uma nova revolta dos pasteis de nata?

sábado, 27 de junho de 2009

Sarcasmo, by Ranhoca

Este fim de semana tive a oportunidade de participar no grandioso ENEF (encontro nacional estudantes de Física)

Foi uma experiência relativamente interessante na medida em que pelo menos tive a oportunidade de conhecer gente que, como eu, é louca ao ponto de ter apostado num curso que mete Física.


Tive a oportunidade de conhecer pessoas altamente, tais como: Fanilas, Garrote, Ze Zarolho ou Nanotubos, a Predator, Bose Einstein, Underground e a grande Wallie.


Sabem como seduzir uma estudante de Licenciatura de Física? Simples: abordando as leis que explicam as órbitas planetárias em torno do Sol, recorrendo desde as leis mais básicas da mecânica clássica até às actuais concepções ditadas pela Física Relativista. Não acreditam nisto?? Eu também não acreditava até ter visto um geek a fazê-lo com sucesso! Tendo em conta que estava a comer uma francesinha da poia admito que senti o Gregório a chamar por mim.


Foram muitas as revelações ao longo do encontro e como não podia deixar de ser, senti desde logo saudade da nossa Cidade!

Coimbra tem de facto mais encanto, não só na hora da despedida mas também na hora de beber.

Senti falta dos finos a 50cent, senti falta de ter uma mesa repleta de gente que conta piadas que até têm o mínimo de piada... enfim!


Aqui partilhei então um pouquinho desta minha experiência, só numa de manter viva a minha participação neste blog Ranhoso.


AH!! Agora falta justificar o facto de o título ser "Sarcasmo"!!

Primeira razão:

Se o título fosse Física, absolutamente ninguém se daria ao trabalho de passar os olhos neste post absolutamente genial


Segunda razão:

Tive a oportunidade de ouvir no ENEF as piadas mais racistas que alguma vez ouvi por parte do tipo mais racista que alguma vez conheci.



- Sabem porque é que a Beyoncé numa das suas músicas repete insistentemente "To the left, to the left"??
- Cause black people have no rights!!


- Sabem qual a semelhança entre uma preta grávida e um carro com um pneu furado?
- Ambas estão a espera de um macaco!

MEU!! Eu não sou Racista mas estas piadas estão extraordinariamente bem pensadas.

SARCAAAAAAAAAASMO! SARCAAAAAAAAAASMO!

Best of VPS

Vamos começar hoje com uma rubrica chamada "Best of VPS".

Com isto pretendemos chamar a atenção para posts que passaram despercebidos a muitos dos visitantes. O primeiro deles foi feito pelo Ranhoca no dia 1 do 3 de 2009 e é re-postado já a seguir...

E deixo desde já um repto: VOLTA RANHOCA!

Pretos e Brancos - United Colors of Benetton CORRIGIDO


Eu sou preto. Ou branco... Os brancos chamam-me preto e os pretos chamam-me branco. Isso torna-se algo pior, acho que nem sou branco nem preto... Mas isso não importa para o caso.

Este post é sobre racismo. E não, não vos vou falar dos coitadinhos dos pretos que são sempre vitimizados e discriminados...

Adaptemos a coisa ao futebol: só se fala dos racistas dos brancos que passam o tempo a fazer o "grito do macaco" e que por vezes têm pesadas sanções. Vejam o caso do Zoro, que saiu do jogo a chorar:



Este outro vídeo é do Eto'o, que também se sentiu insultado:



Na minha opinião isto não é tão grave quanto parece. Já sei que vão todos criticar-me por esta opinião, mas é a que tenho. Neste caso os adeptos limitam-se a atingir os jogadores da equipa adversária naquilo que eles têm de mais sensível. Não é correcto? Não. Mas é correcto gritar: "Slb, Slb, Slb, Filhos da... Slb!"? E se um jogador for careca e não gostar de o ser, acham que os adeptos não lhe chamam careca? E o Ronaldo que quando entrava em campo ouvia logo um coro de adeptos a chamr-lhe gordo? E o Calado que quando saiu nos jornais como sendo gay e tendo tido um caso com o Melão, que ouviu gritos de Melão e músicas desse desgraçado nos jogos do Benfica?

É por isso que vos digo que não acho que seja algo de tão grave. Não acredito que metade das pessoas que fazem o grito do macaco sejam racistas. Simplesmente pretendem destabilizar o adversário, tal como em tantos outros casos.

Já há um caso que, mais recentemente, me tem chocado. Em todos os casos de que vos falei atrás o alvo eram jogadores da equipa adversária. E é tendo isso em conta que defendo que talvez não seja algo assim tão mau como se tem dito. Mas, no entanto, toda a comunicação social e até a própria FIFA e UEFA têm dado grande atenção a estes actos e têm dado voz aos protestos. Atitude nobre, sim senhor...

Mas espanto-me quando, ao ver um jogo da África do Sul nesta Taça das Confederações reparo que, mesmo jogando em casa, há um jogador que é assobiado, apupado, insultado... sempre que toca na bola. E sim, pelos próprios adeptos!

O que tem este jogador de tão mau? É branco. O único branco da equipa. E há só uma palavra que me vem logo à cabeça: "apertheid"!

No entanto não vi comentários de ninguém da FIFA. Vi uma pequeníssima referência a isso n' A Bola. Mas os outros casos enchiam telejornais, imprensa, youtube... tudo!

Por isso, se tiverem tempo e se lembrarem vejam 5 minutos do jogo entre a África do Sul e a Espanha. Rapidamente percebem qual é o jogador em causa: Matthew Booth (o da imagem que ilustra o post).

E é por isso que vos digo que não acho que assobiar um jogador da equipa adversária ou fazer o grito do macaco seja uma manifestação de gritante racismo. Para alguns será, mas para grande parte das pessoas é apenas uma tentativa de influenciar o adversário.

Já apupar e vaiar quando um jogador DA PRÓPRIA EQUIPA toca na bola unicamente porque ele é branco e os seus colegas pretos, isso... Isso é racismo.

ATENÇÃO: (Nota adicionada às 14:40)
Este texto contém um erro grave do qual só depois dos comentários do Poulsen e do JB me apercebi. Muda completamente a ideia final de que o Apertheid se mantém e que a FIFA nada faz. Contudo, não vou agora mudar o que tinha escrito para que todos possam ver o erro inicial. Quero ainda salientar o facto de manter a minha ideia inicial de que os casos do Eto'o e do Zoro não são uma forma de racismo assim tão grave...

Desta forma, esclareço de seguida o que me levou a interpretar as vais ao Booth de uma maneira diferente:
O facto é que qualquer pessoa que veja um jogo da África do Sul repara nas vaias ao único jogador branco. Obviamente que pensa, tal como eu, que é uma forma horrível de racismo.

Contudo, explicam os sul-africanos, o Booth é um ídolo, precisamente por ser o único branco titular da selecção.

Mas então porque é que eles o vaiam quando toca na bola?
Simples: eles não o vaiam. Simplesmente gritam o nome do jogador (Booth) o que provoca um som parecido com uma enorme vaia. Na televisão, os gritos de "BOOTH! BOOTH!" parecem "Búúúú! Búúúú!!!".

Faço, então "mea culpa" neste post. No entanto é compreensível a minha interpretação...

Mas torna-se engraçado que um post de crítica à África do Sul se torne, assim, num elogio...

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Adeus, Michael Jackson

É verdade. Parece que Michael Jackson morreu hoje com uma paragem cardio-respiratória. Logo ele que tinha a "pancada" da vida eterna...

Aqui deixamos a nossa homenagem ao grande cantor (e talvez não tão grande homem), Michael Jackson:

Lindo, não é?


Visto que estamos numa onda de grandes contratações, está na hora de comprarem a Vossa Gamebox!
Vejam o video que vos deixo(têm que carregar no link abaixo, e colocar, depois, o vosso nome) e digam-me lá se não é lindo!

Craques craques craques craques!!!

Para vos mostrar a estupidez que é alguém se basear em vídeos de youtube para avaliar os jogadores, aqui vos deixo alguns dos melhores jogadores que já cá passaram, seguindo a mesma lógica...

Em primeiro lugar, o fabulosíssimo Di Magia:



Em segundo, o grande Moretto, um dos melhores guarda-redes do mundo:



E, por último, um dos melhores jogadores de sempre (a avaliar pelo vídeo, claro...): Laurent Robert!

Matias, Matias, Gooool, gooool MATIGOOL :D

Este Menino é Craque... :)



Olé!



Mais uma só!



Pensando bem...



Vai outra??



Até no PES!




Doi, nao doi?

terça-feira, 23 de junho de 2009

Vuvuzelas

Quem tem visto alguns jogos da Taça das Confederações já terá, com certeza, reparado nas vuvuzelas. Mesmo que não saibam o que são...

Eu explico: as vuvuzelas são uma espécie de cornetas que emitem sons tribais típicos dos Sul Africanos (onde se disputa a Taça das Confederações e onde se disputará o próximo Mundial). Ora estas cornetas têm gerado uma grande polémica. Têm sido jogadores, treinadores, jornalistas... tudo se queixa do barulho irritante daquela porcaria.

Até eu que vejo os jogos pela televisão me irrito com aquele barulho de fundo, por isso imagino os desgraçados que vão ao estádio.

Apesar das queixas de toda a gente, o presidente da FIFA diz que não vai proibir as vuvuzelas porque elas fazem parte da festa. Compreende-se.

O que não consigo entender é como é que aquela gente consegue estar 90 minutos por jogo, todos os jogos a tocar corneta ininterruptamente. Para além disso o barulho daquilo é tudo menos agradável, o que torna este acto não só impressionante pela resistência necessária para aguentar 90 minutos a soprar no bicho, como ainda aguentar os 90 minutos a criar aquele barulho.

Se ainda não viram deixo-vos aqui este vídeo. O som delas é parecido com o som de uma abelha (ou de milhares delas):

segunda-feira, 22 de junho de 2009

O onze ideal

Chegámos ao fim de mais uma sondagem... Esta equipa faria qualquer um sonhar.

Temos, então, 5 jogadores que já foram do Benfica (especial surpresa para o defesa esquerdo Manuel dos Santos, que surge aqui à frente de Léo...) e 6 do Porto, sendo que um deles (Jardel) também se notabilizou ao serviço do Sporting.

Uma nota final para Deco, que em 45 votos contou com... 44! Só uma pessoa não votou nele. Um prémio justo a um jogador que marcou uma geração...

Também é de notar que ainda há memória: os Selvagens que votaram ainda se lembram do Mantorras pré-lesão (coitado do André Cruz naquele Alverca-SCP!!!).

Fiquem com o 11 ideal:

domingo, 21 de junho de 2009

Olho por olho, dente por dente!


É verdade: Cissokho, que tinha o desejo ardente de vestir a camisola do Milan, acabou por ver a sua transferência cancelada porque tem um problema nos dentes.

A notícia chocou muita gente. O Milan tomou uma decisão sem precedentes e resolveu "roer a corda" neste negócio, tudo porque achou que seria muito imprudente pagar 15 milhões por um jogador com este problema.

E, de repente, um jogador que tinha tantos pretendentes ficou sem mercado...

Consta que o representante do Milan, quando confrontado com o problema dos dentes do Cisshoko, ligou ao Pinto da Costa e lhe disse entre dentes:
- Pois então está tudo cancelado. É que ainda teríamos de pagar 15 Milhões... o que não é propriamente um cavalo dado, senão não se olhava o dente!

Se me permitem dar a minha opinião, aqui a deixo com mais um ditado:
Dá Deus nozes a quem não tem dentes!

sábado, 20 de junho de 2009

A vida privada de C. Ronaldo

O que me leva a escrever este post é a mais recente revista cor-de-rosa portuguesa: o Record.

"Revista? Mas o Record é um jornal desportivo...", pensam vocês. Ah, pobres inocentes... Também eu pensava o mesmo! Mas parece que agora decidiram dedicar-se a outras coisas muito mais interessantes para quem gosta de desporto!

Há uns dias, quando C. Ronaldo se transferiu para o Real Madrid, li ao fundo da página e em letras cor-de-rosa algo como: "Craque festejou com Paris Hilton!"
Logo aí achei estranho. Achei que era uma parolada estar a meter a vida privada de alguém na capa de um jornal que ainda por cima tem uma especialidade. E quem o compra só quer saber coisas relacionadas com isso mesmo: desporto. Pelo menos a mim não me interessa nada as relações dos jogadores com as suas amigas, namoradas ou seja o que for...

Qual não é o meu espanto quando, no dia seguinte, volto a ver os dois na capa. Desta vez com direito a foto e tudo:
"Fogo... isto vai mesmo de mal a pior!" Deve ter perdido a cabeça com o Ronaldo. Alguma coisa se passou, mas pelo menos ainda é só com ele. Enquanto não se alargar a outros está tudo mais ou menos...

Agora imaginem o meu espanto quando vi, passados mais alguns dias, uma notícia de primeira página sobre Quique Flores e Orsi Fehér:

Aiai... mais um jornal que não volto a comprar. Mas vocês não percam! Parece que é já amanhã que vão haver fotos Exclusivas do Record (porque será?! Como é que mais nenhum jornal meteu fotógrafos para apanhar a chegada do Ronaldo?!) da chegada do Cristiano Ronaldo ao Algarve para (imagine-se!!!)... PASSAR FÉRIAS!!!

Ai, Record, Record... Haja paciência... Será que isto vende mesmo? Digam-me que não, por favor...

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Gestão, gestão...

Hoje tive um dia em grande.

Às 9 da manhã já estava na Faculdade para fazer um exame sobre a pior coisa do mundo: Contabilidade Financeira. Depois do exame sugeri que viéssemos para casa dos meus avós estudar Matemática. Não suscitou grande interesse. Mas o caso mudou de figura quando falei em dar um mergulho na piscina.

Num ápice metemos 13 doidinhos irresponsáveis com livros de Matemática lá em casa. O nosso estudo tratou-se do seguinte:
- Bem, malta perceberam as Regra de Sarrus?
- Olha lá, tens cá mesa de ping-pong?
- Tenho...

De repente fiquei sozinho com o meu caderno de Matemática aberto à minha frente. Tinha uns a jogar futebol, outros a jogar ping-pong, outros a falar com o cão, o gato ou o papagaio...

Escusado será dizer que ninguém estudou nada o resto da tarde.

Lembrei-me logo dos Homens da Luta. Estes senhores têm sempre razão... Afinal de contas estava mesmo calor demais para trabalhar:



Agora, aqui sentado penso:
"Fogo, podem-me acusar de não ter estudado... mas um dia mais tarde ninguém me poderá acusar de não ter vivido!"

São amigos e segredos nesta cidade que levo comigo para a vida...

FIM

mau e bom companheiro



malta do vaipaselva estava eu aqui a passear pelo blog quando me lembrei de uma grande falha que todos nos cometemos...deviamos ter feito 1 post de parabens quando o mau fez anos no dia 6...como mais vale tarde que nunca deixo aqui 1 bolo com os desejos que sejas feliz porque mereces! PARABENS

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Com os olhos que ninguem quer ver



Estou a ler um livro que me anda a apaixonar. É um livro de Nuno Lobo Antunes, intitulado de “Sinto muito”. O livro está divido em pequenas histórias, que em nada estão relacionadas e aborda a vida de Nuno Lobo Antunes como médico em Nova York. Numa delas trata a relação médico-doente e diz: “Doutor: É de olhares. É de olhares que eu preciso. Tudo o que o médico diz sem olhar é bula de medicamento. Papel fininho, dividido em oito partes, como instruções de montagem. Não…é de olhares que eu preciso. De um certo olhar. Preciso Doutor, que o azul dos seus olhos me faça companhia, que a cor, que é do céu e do mar me traga a paz…”.
Para mim, o carinho do Médico é quase tudo para a recuperação do seu doente. O médico até nem pode saber da doença que se trata, nem do modo como a abordar, mas o facto de se preocupar, pesquisar, e acarinhar a pessoa que o rodeia, faz de si o médico perfeito que todos nós idealizamos!

Em Portugal, tem-se o hábito de se criticar tudo e mais alguma coisa, e como a área da saúde não foge à regra, também se critica a classe médica. Por muitos erros que um médico possa cometer, só quero que fique bem claro que é das classes mais injustiçadas deste mundo! Porque quando um médico não consegue fazer tudo pela vida de uma pessoa, acreditem que esse mesmo médico já salvou imensas vidas!
E o estado até pode falhar num ou noutro aspecto acerca da saúde, mas reparem que Portugal é um dos poucos países DO MUNDO com saúde gratuita. Nos Estados unidos morrem cerca de 25.000 pessoas por ano porque não têm posses para pagar os seus seguros de Saúde. Pensem nisso, a Crise não é tudo. Nós somos um grande país e acho que falta um pouco de patriotismo a este grande povo!

Sondagem: Best of


Esta nova votação terá como objectivo escolher os jogadores dos últimos 10/15 anos por sucesso EM PORTUGAL (tentem abster-se da carreira internacional - por exemplo, Ronaldo ou por oposição, Quaresma).

Estive mesmo para não meter o Preud'Homme, porque há muita gente que já não se lembrará bem dele. E como, acho que todos lhe devemos respeito por ter sido dos melhores guarda redes de sempre em Portugal (chegou a ser o Melhor Guarda-Redes do Mundo), não seria capaz de o levar a votação correndo ele o risco de não vencer por os participantes não se lembrarem dele. Por isso vos faço um pedido: aqueles que não se lembram do fantástico Michelle Preud'Homme não votem nos guarda-redes para, assim, evitar injustiças...

Luís Figo já passou em Portugal, também, há imenso tempo. Como tal ficou de fora deste lote...

É importante salientar que a táctica escolhida será o 4x3x3. Não consegui arranjar maneira de aumentar a flexibilidade táctica. Desta forma apenas podem escolher 3 médios e 3 avançados. É uma escolha difícil, mas que tem de ser feita.

Agora é, mais uma vez, convosco...

Enjoy it!

A equipa de sonho dos Selvagens

É verdade, malta! Já temos um onze de sonho. Prometo fazer uma apresentação dos nossos craques da equipa ideal, caso haja algum vídeo digno sobre cada um deles.

A primeira apresentação é a do grande guarda-redes Carlos Bossio. Não arranjei nenhum vídeo com um dos seus grandes frangos... Mas arranjei um vídeo de algo que vocês provavelmente desconheciam: o golo de Bossio, de cabeça. O primeiro guarda-redes a marcar de cabeça na Argentina. É preciso um bocado de imaginação para verem aqui um golo, mas aqui fica:




Mas vamos, então, ao que interessa: a equipa ideal!

Bossio (27 Votos)

Secretário (19) Paulo Madeira (39) Gladstone (30) Marian Had (28)

Michael Thomas ou Beto (27)
Paulo Almeida (32) Farnerud (35)

Balboa(28) eeeeeeeeeeeeee Purovic (27) eeeeeeeeeeeeee Kmet (27)

Não deixa de ser engraçado notar que o Benfica tem 5 jogadores no 11, o Sporting 5 e o Porto... 1 único jogador. Se bem que, na minha opinião, jogadores como Balboa e Purovic foram vítimas por serem demasiado recentes. São maus, sim. Mas também não me parecem assim tão maus. E depois esqueci-me de lá meter o Mota, que seria certamente um dos contemplados! Por outro lado, jogadores como Pizzi e Esnaider (e não me lembrei do grande Kaviedes xD) passaram sem grande fama pelo Porto. Acho que muitos nem sabem quem são...

A diferença entre os três grandes também tem sido essa: no Benfica e Sporting eles são maus e insistem neles até à náusea. No Porto passam despercebidos, sem grandes oportunidades e acabam a sair pela porta dos fundos...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

"Perdoai-lhes, Senhor. Não sabem o que fazem..."


Tal como pediram aqui vai um post sobre Jesus.
Jesus assinou por dois anos mais um de opção. Pessoalmente, não sou um fã de Jesus. Sou católico, mas não praticante. Acessoriamente tenho alguma dificuldade em acreditar numa figura que, para mim, é ridícula.

Temo profundamente que Jesus contrate agora (S.) Mateus. Por outro lado prevejo uma maior aposta no S. Pedro (Mantorras) e um maior aproveitamento do patrocínio: o Espírito Santo.

Bem, agora falando mais a sério... Deixo-vos algumas frases de Jorge Jesus tiradas do Maisfutebol:
"«O fair-play é uma treta». Esta é, talvez, a mais famosa frase de Jorge Jesus, proferida quando o agora treinador do Benfica estava no Belenenses, e repetida ainda esta época. Porém, «JJ» é um técnico conhecido por outras tiradas famosas. O Maisfutebol recorda-lhe algumas, como, por exemplo, o duelo com Bernd Schuster.

A equipa de arbitragem não deixa. Como resolvo isto? Só resolvo na «playstation»! Não nos deixaram chegar perto do F.C. Porto, Sporting e Benfica
Em Janeiro deste ano, após a derrota frente ao Benfica

«Com essa equipa dava-lhe 3 de avanço, mudava aos 5 e acabava aos 10»
Em Agosto de 2007, após o Belenenses perder por 1-0, com o Real Madrid, no Troféu Teresa Herrera e dirigindo-se ao treinador dos espanhóis, Bernd Schuster

«Também posso dizer que, com aqueles jogadores, aquilo (exibição) foi muito poucochinho»
Na mesma conferência de imprensa, respondendo a Schuster, que acusara o Belenenses de ser defensivo

«Todas as equipas que jogam contra o Braga sabem que não atiramos a bola fora por fair-play. Foi assim no Belenenses, será no Braga e noutros clubes onde trabalhe. O fair-play é uma treta.»
Em Agosto de 2008, antes do jogo com o Sporting

«Não sei o que é jogar para empatar. Já tentei entender, mas não consigo.»
Alguns meses mais tarde (em Dezembro de 2007), curiosamente antes de um jogo com o Benfica

«O terceiro golo [penalty] surge de um lance que está na moda. Os treinadores têm de passar a contratar jogadores manetas»
Olhando para trás, encontram-se mais passagens marcantes. Jorge Jesus era treinador da União de Leiria e perdeu por 0-3 com o Marítimo. O terceiro golo surgiu de grande penalidade

«Quero aproveitar para dedicar esta vitória a todos os motocards da Amadora que vieram até aqui»
Jorge Jesus tem muitos anos de carreira. No Estrela da Amadora não se esqueceu do apoio que um grupo especial lhe dera.

«Estamos a tratar do processo de neutralização do Verona»
A propósito do excesso de estrangeiros no plantel do E. Amadora, uma frase na linha de outra, sobre o processo de renovação de um jogador: «É um assunto do forno interno do clube». Ainda outra: «Vítor Vieira é o prótipo do jogador moderno.»

«Vaiam à bola! Subem!»
Incentivos clássicos de Jesus à equipa, durante os treinos ou em jogos"

Isto é verdade, sim. Foi "isto" que o Benfica acabou de contratar. E apesar de esperar que não se verifique na realidade, deixem-me fazer uma previsão:

No fim desta época Jesus será despedido. Aí, olhará para o céu e fará a pergunta: "Pai, porque me abandonaste?"

terça-feira, 16 de junho de 2009

Renova!



Já que os comentários de alguns posts remetem para a imigração e afins, decidi, hoje, falar dessa tal associação chamada de Partido Nacional Renovador!

O que defende então o PNR?
O PNR tem como lema a “Nação e Trabalho” e o seu programa consiste:
-na valorização de um espírito nacionalista português;
-no combate ao crime;
-no apoio à natalidade;
-na oposição à imigração.





Oposição à imigração?! Mas em que século vivemos nós, José Pinto Coelho? Acho de mau tom tal frontalidade! Já se esqueceu dos milhares de portugueses que estão pela Europa fora? Dessas pessoas incansáveis que trabalham horas a fio em França, na Suíça, Alemanha, Luxemburgo? Já se esqueceu nas dificuldades que os nossos Avós(no seu caso, Pais) passaram nos anos 50/60 tendo sido obrigados a sair do seu país? Nós vivemos num mundo global, numa aldeia global. Fechar as portas do nosso país assemelha-se a fechar todo o tipo de trocas entre países, romper com as relações político-económicas, que contribuiu para uma diminuição óbvia das exportações do nosso país, culminando numa redução do produto interno bruto! É como se terminasse com todas as trocas gasosas de um ser humano, o país morreria!
Se os ucranianos ou brasileiros tem trabalho é porque das duas uma, ou são melhores que os Portugueses, ou então somos nós uns preguiçosos que não queremos trabalhar! Assim aconteceu e acontece com os nossos lá fora!

Considero este partido uma afronta à dignidade de qualquer cidadão do Mundo, podendo levar a movimentos racistas e xenófobos!
Bem, não me vou alongar mais, mas já agora a única coisa agradável que posso dizer sobre este partido é que se podem limpar no seu próprio papel higiénico que tanto os inspirou no nome, RENOVA! :)

Emigrantes...

... só se forem portugueses! Senão, não os aceito na minha grande nação que é Portugal! Aldeia Global? O que é isso?

Bom... este bem podia ser o nosso amigo Cláudio Ramos:

(este vídeo contém linguagem imprópria que pode susceptibilizar as pessoas de elevado QI)

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Amo tertúlias...

Queria arranjar um vídeo da "Tertúlia Cor de Rosa", um dos "programas" mais interessantes da televisão portuguesa. Um programa onde estas senhoras comentam a vida das outras pessoas e onde fazem coisas tão queridas como cantar os Parabéns. Infelizmente não consegui arranjar nenhum vídeo com uma discussão sobre os temas mais interessantes...



Sem ter uma razão específica para mudar assim de assunto, proponho-vos que vejam o vídeo do Bruno Nogueira. Aproveitem!


Chamem-me doido...

Vendo jogar esta selecção nacional e vendo jogar a selecção de, por exemplo, 2004 nota-se uma grande diferença. Esta parece que se esforça para jogar bom futebol, enquanto que na outra havia um futebol libido. Adorava ver a selecção... No último jogo com a Estónia adormeci a meio.

Noutro dia estava a ver o jogo de futebol de 5 promovido pela Sagres Zero que juntou por exemplo Pedro Pauleta, Rui Costa e Luís Figo. E só via o Pauleta a marcar golos.

A selecção que joga hoje em dia até pratica bom futebol, apesar de sair a rasgos. Mas falta um ponta de lança que decida em momentos de aperto. Apesar de bastante contestado, a verdade é que é o melhor marcador de sempre da selecção nacional, e... chamem-me doido:

Que saudades do Pauleta!

domingo, 14 de junho de 2009

Faça o seu onze


É verdade. Desta vez estamos a criar uma equipa diferente. A equipa dos jogadores que mais nos enfureceram ou que nos deram mais vontade de rir nos últimos anos.

Tal como prometido aqui fica a eleição para o onze mais ridículo dos representantes dos 3 grandes portugueses nos últimos anos. Podem votar nas sondagens ao lado. Divirtam-se!

sábado, 13 de junho de 2009

A vida tem destas Variações

Bem, já não faço um post no blog há imenso tempo, mas o que me traz aqui hoje, como bloguista, é o facto de se fazer 25 anos da morte de António Variações.
Para mim, António Variações é o maior ícone da música pop de Portugal. Ele foi um verdadeiro Génio. Ele nunca teve formação musical, nem mesmo composição. Mas apresentava algo especial, uma originalidade incrível, algo que o identificava: o estilo único. “O estilo AV, António Variações.”


Quando tive o prazer de conhecer, através dos Humanos, as músicas embrionárias deixadas por variações, gravadas em cassetes, com um som totalmente rudimentar, esbocei algo do género: “Bem, Arrepio-me todo com isto!” Na verdade, foi pena ele apreciar pessoas como Jacinto Leite Capelo Rêgo, pois morreu de um forma realmente indigna à sua condição humana.
Se ele fosse vivo, podem crer que ia ver os concertos dele, à semelhança de Kurt Cobain! E antes que Yann Yiersen faleça por aí, no próximo mês vou assistir ao maior génio francês. Não, não é o Remi Gaillard. Yann Tiersen!

Não perdendo o fio à meada, queria, apenas com este post, partilhar este meu gosto por uma das mais ilustres figuras e das menos idolatradas de Portugal. Variações morreu no dia 13 de Junho, curioso será dizer que era dia de Sto. António.

Afinal ele apenas queria…VIVER!

Que Estrela tão Amadora...


Serei só eu a ver no Estrela da Amadora uma possibilidade fantástica?

Facto 1: o Estrela não tem dinheiro para mandar cantar um cego.

Facto 2: o Estrela, neste momento, tem apenas 5 jogadores no plantel. Todos os outros rescindiram por justa causa.

Facto 3: se o Estrela não arranja rapidamente garantias financeiras vai descer de divisão e, provavelmente, acabar.

Então, visto que é um caso desesperado, porque é que o Estrela não tenta fazer um acordo com os 3 grandes (sim, porque se fosse apenas com um deles isso levantaria graves problemas éticos - o Estrela ficaria sempre em dívida para com esse clube) no qual o acordo seria algo como:
  • os 3 grandes encarregam-se de pagar o X necessário para que o Estrela se possa inscrever na primeira liga (dividido pelos 3 não seria muito, certamente).
  • em contrapartida o Estrela receberia, por empréstimo, os jogadores que eram juniores ou que não têm espaço no plantel principal dos "grandes". Obviamente que teriam de ser os próprios clubes a pagar os salários aos jogadores. Mas conseguiam, assim, que eles "rodassem numa equipa de primeira liga.
Podem levantar o problema: mas o Estrela, assim, que futuro tem? Os melhores jogadores que estiverem emprestados ao clube acabam por sair para clubes maiores e no ano seguinte voltaríamos à estaca zero...

Também já pensei nisso. Mas pus-me do lado de um dirigente do Estrela da Amadora: "Se não fizer nada o clube desce e, provavelmente, acaba. Se aceitar esta possibilidade passamos um ano sem gastar um cêntimo em salários (só, eventualmente, em juniores do clube) e isso permite-nos poupar e amealhar o dinheiro dos sócios e das entradas no estádio.

Para além disso o facto de ter jogadores dos 3 grandes a jogar iria fazer com que o clube aumentasse o número de simpatizantes o que poderia permitir uma maior receita televisiva. Muita gente gosta de ver os jogos dos juniores e dos jogadores emprestados pelos seus clubes, na expectativa de que eles possam dar o salto.

Depois, a nível desportivo há várias possibilidades:
  1. Descemos de divisão. Voltámos à estaca zero, mas pelo menos poupámos um ano de salários e amealhámos algum dinheiro. E sempre conseguimos aguentar-nos mais um ano.
  2. Conseguimos a manutenção. Óptimo! Se tivermos conseguido independência financeira isso permitir-nos-á preparar a nova época como antigamente. Caso contrário seguiremos o mesmo caminho.
  3. A coisa correu de maneira fantástica e isso permitiu-nos chegar às competições europeias (ou fazer uma boa prestação na Taça da Liga ou na Taça de Portugal). Com o dinheiro que amealhámos podemos agora encarar o futuro de uma forma mais optimista!"
Quanto aos 3 grandes, penso que teriam vantagens consideráveis nesta opção. E até para o futuro da Selecção Nacional seria bom ter o seu núcleo duro (em camadas jovens, claro) a disputar a Liga Sagres e quase todos na mesma equipa.

Serei só eu a pensar nisto? Penso que seria algo inédito e arriscado. Mas as opções do Estrela começam a escassear...

sexta-feira, 12 de junho de 2009

94 Milhões?




Com esta grande contratação do Real Madrid envolvendo tantos milhões, muitos se questionam se o valor será apropriado para um atleta como CR7. Um jogador do Villareal disse que não daria tanto dinheiro por Cristiano mas sim por Iniesta que tem um tipo de jogo bem mais interessante, segundo esse jogador. Cada um tem a sua opinião e achará correcta (ou não) esta jogada de Florentino Pérez.

El D10s. Para mim o melhor jogador de todos os tempos com grande margem. As opiniões divergem, logicamente, e cada um tem o seu jogador favorito.

Ontem, enquanto via uma reportagem da carreira de Diego Maradona imaginei este senhor irreverência a jogar nos tempos de hoje e questionei-me quanto valeria este criador de arte na actualidade. Ou então se quiserem imaginem um Florentino Pérez na década de 80 com o poderio financeiro que detém agora (presume-se) na presidência de um clube. E imaginem também o valor dessa contratação.

94 Milhões para Maradona? Só o pé direito.

Melhor Jogador do Mundo


Estão fechadas as votações. E parece que já temos o melhor jogador em cada posição para os Selvagens e seus visitantes.

Aqui temos, então, os melhores:

Melhor Guarda-Redes:
1º lugar - Casillas (52%)
2º lugar - Buffon (15%)
3º lugar - Júlio César (12%)

Melhor Defesa (aqui houve alguma confusão porque, provavelmente, caso lá estivesse a hipótese Vidic este seria um candidato. "Mea Culpa"!):
1º lugar - Puyol (29%)
2º lugar - Dani Alves (14%)
3º lugar - Sérgio Ramos e Maicon (10%)

Melhor Médio:
1º lugar - Iniesta (45%)
2º lugar - Xavi (23%)
3º lugar - Kaká (15%)

Melhor Avançado:
1º lugar - Léo Messi (47%)
2º lugar - Ibrahimovic (29%)
3º lugar - Cristiano Ronaldo (19%)

And last but not least, o Melhor Jogador do Mundo para os Selvagens:
1º lugar - Léo Messi (56%)
2º/ 3º lugar - Ibrahimovic e Cristiano Ronaldo (17%)

Esta votação tem coisas engraçadas, nomeadamente ver que o Ibrahimovic é considerado melhor avançado que Ronaldo e, no entanto, na eleição para Melhor do Mundo ficaram com os mesmos votos.

É de salientar a surpresa na eleição de Puyol (pelo menos para mim) e, claro, a vitória de Léo Messi em toda a linha. Casillas e Iniesta tornaram-se os vencedores já esperados das respectivas posições.

E agora lanço aqui novo desafio e peço a vossa colaboração nos comentários a este texto: vamos eleger o PIOR jogador que já passou pelos 3 grandes do campeonato português. Vá lá, ajudem-me a escolher para que depois possamos fazer as votações!

Para já avanço com os nomes de Kmet, Beto (SLB), Tiuí, Argel, Paulo Madeira, Rojas, Bossio... Há tantos. Se calhar é melhor fazer também por posições, senão arriscamo-nos a discriminar alguém, não? :)

Saída da crise


Numa altura em que se fala tanto de uma saída para esta crise achei imperativo mostrar-vos parte de um discurso de António Barreto na comemoração do Dia de Portugal. Talvez a saída da crise esteja precisamente no que este senhor defende. Talvez seja pedir demais... Tenham um pouco de paciência, mas leiam até ao fim. Vale a pena:

"(...)

Não usemos os nossos heróis para nos desculpar. Usemo-los como exemplos.

Porque o exemplo tem efeitos mais duráveis do que qualquer ensino voluntarista.

Pela justiça e pela tolerância, os portugueses precisam mais de exemplo do que de lições morais.

Pela honestidade e contra a corrupção, os portugueses necessitam de exemplo, bem mais do que de sermões.

Pela eficácia, pela pontualidade, pelo atendimento público e pela civilidade dos costumes, os portugueses serão mais sensíveis ao exemplo do que à ameaça ou ao desprezo.

Pela liberdade e pelo respeito devido aos outros, os portugueses aprenderão mais com o exemplo do que com declarações solenes.

Contra a decadência moral e cívica, os portugueses terão mais a ganhar com o exemplo do que com discursos pomposos.

Pela recompensa ao mérito e a punição do favoritismo, os portugueses seguirão o exemplo com mais elevado sentido de justiça.

Mais do que tudo, os portugueses precisam de exemplo. Exemplo dos seus maiores e dos seus melhores. O exemplo dos seus heróis, mas também dos seus dirigentes. Dos afortunados, cujas responsabilidades deveriam ultrapassar os limites da sua fortuna. Dos sabedores, cuja primeira preocupação deveria ser a de divulgar o seu saber. Dos poderosos, que deveriam olhar mais para quem lhes deu o poder. Dos que têm mais responsabilidades, cujo "ethos" deveria ser o de servir.

Dê-se o exemplo e esse gesto será fértil! Não vale a pena, para usar uma frase feita, dar "sinais de esperança" ou "mensagens de confiança". Quem assim age, tem apenas a fórmula e a retórica.

Dê-se o exemplo de um poder firme, mas flexível, e a democracia melhorará.

Dê-se o exemplo de honestidade e verdade, e a corrupção diminuirá. Dê-se o exemplo de tratamento humano e justo e a crispação reduzir-se-á.

Dê-se o exemplo de trabalho, de poupança e de investimento e a economia sentirá os seus efeitos.

Políticos, empresários, sindicalistas e funcionários: tenham consciência de que, em tempos de excesso de informação e de propaganda, as vossas palavras são cada vez mais vazias e inúteis e de que o vosso exemplo é cada vez mais decisivo. Se tiverem consideração por quem trabalha, poderão melhor atravessar as crises. Se forem verdadeiros, serão respeitados, mesmo em tempos difíceis.

Em momentos de crise económica, de abaixamento dos critérios morais no exercício de funções empresariais ou políticas, o bom exemplo pode ser a chave, não para as soluções milagrosas, mas para o esforço de recuperação do país."

quinta-feira, 11 de junho de 2009

RM Galaxy


O Real, com Florentino Pérez, parece ter recuperado a sua era galáctica. Para já, segundo a Marca, a equipa ideal de Pérez será algo como:
Casillas
Sérgio Ramos Pepe Albiol Marcelo
Xabi Alonso
Ribery ou Raúl David Silva
Kaká
Villa C. Ronaldo

No entanto, pelas mais recentes contratações (Ronaldo e Kaká), parece-me que Pérez comete o mesmo erro que na geração anterior. Contratou Figo, Zidane, Ronaldo (o Gordo), Beckham... e esqueceu-se de contratar defesas! Pela equipa ideal exposta na Marca, Pérez conta contratar Albiol. Não me parece jogador para o Real.

Ontem li n'A Bola que o Maicon queria sair do Inter. Porque não gastar mais uns milhões em Maicon em vez de os gastar em Albiol?
Casillas
Maicon S. Ramos Pepe Marcelo

Esta defesa não seria mais equilibrada?

Já agora, uma questão final: esta geração será melhor que a anterior?
Para recordar:
Casillas
Salgado Hierro Helguera R. Carlos
Makélélé
Zidane Guti
Figo Raúl Solari

Equipa esta que, mais tarde, contou com as saídas de Makélélé e de Solari, tendo entrado para os seus lugares David Beckham e Ronaldo. O Owen também entrou, apesar de já não me lembrar bem em que época...

Agora é convosco... Qual a melhor "Geração Galáctica?"

quarta-feira, 10 de junho de 2009

"Meu Brasil brasileiro"


A história que vos vou contar trata de um menino com os seus 20 anos. Um menino que mal me viu chegar ao hotel me veio pedir uma banana que trazia na mão. Tinha um ar triste, mas agradeceu com um sorriso.

Ao contrário da maior parte dos brasileiros que conheci, que só precisavam do mar e de uma bola de trapos para emanar felicidade, este tinha um olhar triste. Falei um pouco com ele e soube que se chamava Pedro. Pedro Bala.
- Bonito nome. Pedro Bala, como os Capitães da Areia!
Pedro Bala sorriu. Não tive sequer a certeza de que ele soubesse do que eu falava.

[NdR: Pedro Bala é o nome da personagem principal do livro "Capitães da Areia", do escritor brasileiro Jorge Amado]

Os dias passaram. Passado uma semana, estava eu no Calçadão de Maceió a dar toques com a minha bola de futebol enquanto esperava que a minha mãe e o meu irmão recebessem o troco de um chocolate que acabavam de comprar. Mas, dizia eu, estava a dar toques quando vejo um moço a correr em direcção a mim e a tirar-me a bola.

Numa fracção de segundo reagi, corri atrás do moço e fiz-lhe um carrinho para lhe tirar a bola. Não corri mais que dois metros até lha roubar. Só aí percebi o que se tinha passado. Eu, com a minha ingenuidade, pensei que ele me estivesse a tirar a bola na brincadeira. Foi quando vi o olhar triste e assustado de Pedro Bala que percebi que tinha sido ele quem ma tinha tirado. E que não tencionava devolvê-la.

Como vos disse não pensei no que fiz e só mais tarde me apercebi do perigo que corri. A bola era fraca e eu, ao reagir, podia ter tido uma má experiência. Mas o que mais me impressionou foi que tinha sido a mesma pessoa a quem eu tinha dado comida dias antes que me tentava roubar.

Deixou-me desorientado e desiludido. Comentei isso com um senhor que tinha conhecido no Hotel. Tinha um curso, mas acabou por ficar a trabalhar no Hotel.

Contei-lhe a história que vos estou agora a contar e, a certa altura disse:
"Eu - Ele disse-me que se chamava Pedro Bala.

Senhor do Hotel - Pedro Bala?!

Eu - Sim, como n'Os Capitães da Areia!

Senhor do Hotel - Ahah antes fosse, meu amigo... antes fosse... Aposto que ele não lhe contou o porquê do seu nome pois não?

Eu - Não...

Senhor do Hotel - O Pedro era um menino de boas famílias. A mãe vive sozinha e apesar de não ser rica vive bem. Mas este menino tem-lhe dado cabo da cabeça... Um dia, tinha Pedro os seus 16 anos, e resolveu ajudar uns amigos. Eles estavam preparando um assalto. O Pedro resolveu participar e, quando ia a fugir, foi apanhado por uma bala da Polícia.

Eu - E foi preso?

Senhor do Hotel - Não. Conseguiu fugir. Deixou recado à mãe dizendo que ia passar uns dias fora para que ela não se apercebesse dos ferimentos e tentou curar a ferida sozinho. Ainda hoje tem a bala no ombro. Ainda hoje lhe dói. E ainda hoje a mãe não sabe o que aconteceu. Quatro anos depois...

Eu - Mas porque é que ele não tirou a bala? Não há Hospital por aqui?

Senhor do Hotel - Saiba, meu caro, que o brasileiro preza muito a liberdade. Se o Pedro fosse ao Hospital era tratado e logo depois era preso. Porque ao extraírem a bala perceberiam que era da Polícia...

Eu - Então...

Senhor do Hotel - Isso mesmo. Pedro deixou de ser Pedro. Pedro passou a ser triste, mártir e sofredor. Passou a ser ladrão e criminoso. Pedro nunca mais foi Pedro. Hoje ele é Bala. Pedro Bala."

É uma história que guardo no meu coração. Uma alcunha que eu tinha interpretado como algo romântico, associado ao livro e que afinal de contas representa os males da sua vida. Pedro não mais deixará de ser Pedro Bala. Mesmo que algum dia a consiga tirar do ombro, aquele momento mudou a sua vida para sempre.

Apesar de um dia me ter tentado assaltar, é de tristeza e não de medo ou de ódio a recordação que eu guardo do Pedro. Ou melhor, do menino que um dia foi Pedro e que num segundo se tornou em Bala...

terça-feira, 9 de junho de 2009

SMTUC (Parte II) e a sociedade portuguesa


Antes de mais, queria aconselhar os menos atentos a lerem o post que já aqui foi publicado sobre este assunto. Devem fazê-lo antes mesmo de lerem este post e poderão encontrá-lo aqui.

Tal como tinha prometido vou continuar a contar-vos as minhas aventuras com os autocarros para as terras à volta de Coimbra:

Sou frequentador assíduo do autocarro 32 para Vila Pouca do Campo. Podia apanhar outros autocarros, mas o nome da terra de destino fascina-me particularmente. Para além disso, o facto de ter oportunidade de conviver com jovens de 100 anos a agarrarem-se a mim seduz-me, naturalmente...

Ora então, estava eu na Praça da República sem guarda-chuva e debaixo de uma chuva torrencial quando decidi apanhar um autocarro para a Portagem, para então apanhar o meu querido 32. Vi um autocarro e entrei, piquei a senha e sentei-me. Tudo normal. O problema foi quando reparei que o autocarro não estava a seguir a rota prevista. Tinha-me enganado no autocarro e acabei por sair junto à Porta Férrea.

Não sabia a que horas partia o 32, por isso decidi ir pela rua da famosa "Tasca do Pintos" e correr até chegar à Beira Rio. Quando cheguei à paragem, estafado, encharcado e ofegante, olho para o relógio, olho para o horário, volto a olhar para o relógio... "F0&amp!!!!", pensei para comigo...

Eram 18h 31 min. Escusado será dizer que o autocarro partira às 18h 30 min. E vocês chegam facilmente à conclusão de que o autocarro seguinte para Vila Pouca do Campo passava às... 19h 25 mins!!!

Esperei 54 minutos pelo autocarro seguinte. À chuva. E como sou a pessoa mais nova no autocarro, depois de quase uma hora de pé e a tentar abrigar-me da chuva, cedi o meu lugar sentado aos meus jovens companheiros de viagem.

Fui de pé a viagem toda. "Meia hora assim..." pensava para comigo... Mas enganava-me redondamente. Na segunda paragem o autocarro ficou imobilizado. O motorista ligou aos Serviços de Apoio, mas continuou a tentar fazer o bicho andar... Depois de 5 minutos a ligar e desligar o autocarro lá conseguiu metê-lo a andar até à paragem seguinte... 500 metros mais à frente! Não preciso de dizer que isto aconteceu nas restantes 24 paragens, por entre chamadas telefónicas do motorista a dizer "Eu vou tentar chegar a Vila Pouca, mas duvido que isto aguente..."

A viagem já estava a ser entretida e tenho mais umas histórias para vos contar sobre os SMTUC, que ficarão para outro post. Agora quero falar-vos do ponto alto da minha viagem, que foi atingido quando comecei a ouvir a conversa de 2 companheiras de viagem (os nomes são ficcionados):
"
Ti Pereira- Ai eu cá nã gosto nada dos noticiários... - [Foi esta frase que me chamou a atenção, porque há dias em que os noticiários dão notícias absolutamente ridículas... crimes que não mereciam cobertura jornalística ou até apresentações de novelas. Pensei para mim mesmo "Ena, gente culta de Vila Pouca... Estou espantado!"] - ... já repararam que agora são só daquelas notícias que nã interessam a ningué? Só política, só política... - ["Logo vi que era bom demais..."]

Ti Cacilda - É berdade, ti-Pereira! Eu q'até gostava de bêri aquilo ao jantari porque tinha os mortos e anunciava as novas telenovela agora já nã bêjo nada... - ["Um tiro, por favor! Dêem-me um tiro!"]

Ti Pereira - Pois é, ti-Cacilda! Mas veja lá que eu ontem até fui votar...

Ti Cacilda - També eu, Comadre!

Ti Pereira - Mas eu só lá fui porque queria ver quantos partidos eram... só queria mesmo contar em quantos diferentes é que podíamos votar... olhe que são 13! Mas depois, já que lá estava votei naquele do Sócrates. Gosto muito de o ouvir falar! E você, ti Cacilda?

Ti Cacilda - Êue butei naqueles da mão fechada. Era o desenho mais bonito que lá taba!"

Faltavam ainda uns bons 3 quilómetros para minha casa, mas ao ouvir isto saí do autocarro e fui a pé e à chuva o resto da viagem. Uma pessoa não tem de aturar isto, pois não?

Outro dia perguntavam-me quem é que metia o PS no poder. É esta a principal resposta. Engraçado como uma simples viagem de autocarro pode simbolizar um país, não é?

As pessoas votam porque votam... Votam porque o PS "tem o desenho mais bonito", "porque sempre foram do PS". E quem os pode censurar? Assim como assim eu também "sempre fui do Benfica..."

domingo, 7 de junho de 2009

Um cartão vermelho ao governo !


Roger Federer



No início deste ano Federer encheu páginas de jornais e noticiários por ter perdido para Nadal uma final de um dos torneios do Grand Slam. Federer explicou, depois: "a vontade de bater o record de Pete Sampras está a matar-me!"

Neste dia Federer chorou e Nadal (o vencedor) chorou com ele:



Finalmente, hoje, Federer conseguiu ganhar o Roland Garros e apanhar Pete Sampras no record de títulos conquistados em Grand Slam.

Mas, tão ou mais importante que isso, Federer conseguiu ser o sexto tenista de sempre a conquistar os 4 torneios do Grand Slam. Federer conquistou Wimbledon 5 vezes, US Open 5 vezes, Austrália 3 vezes e Roland Garros pela 1ª vez.

Contudo há mais. É que, como alguns saberão, o Grand Slam antigamente era composto por pisos semelhantes: todos os torneios eram disputados em relva à excepção de Roland Garros. Agora os torneios têm pisos diferentes. Para além disso, antigamente o ténis era um desporto praticado por poucos. Agora há milhares de tenistas. E apenas Agassi e Federer conseguiram vencer os quatro torneios de Roland Garros nas condições referidas. Todos os outros vencedores pertencem a gerações (muito) anteriores.

Isto torna Roger Federer uma lenda viva do ténis.

Parabéns e obrigado, Roger:


Simply the best


Já que há uns dias falámos em eleger o melhor jogador do mundo para os Selvagens, eis que surge essa oportunidade. Mas tal como havíamos falado nos comentários vamos fazê-lo de maneira diferente:
- Uma sondagem para eleger o Melhor Jogador do Mundo da Actualidade em termos absolutos;
- Outra para o melhor guarda-redes;
- Outra para o melhor defesa;
- médio
- E, finalmente, outra para o melhor avançado.

No final veremos qual o resultado. As sondagens estão do lado direito do ecrã e temos 5 dias para votar.

Agora é convosco!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Petição


Hoje recebi este e-mail:

"Mensagem do Dr. Daniel Pereira da Silva director do serviço de Ginecologia
do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra... 2 minutos...

Caros Amigos e Amigas

Preciso da vossa ajuda. Assinem a petição
www.cervicalcancerpetition.eu para que o cancro do colo do útero venha a ser discutido no parlamento europeu, de modo a que os rastreios sejam uma realidade em todos os países, nomeadamente em Portugal, onde só existe na região centro.
Obrigado

Assinem a petição e reencaminhem a todos os vossos contactos.

NÃO CUSTA NADA ENCAMINHAR

Por favor encaminhem este mail para os vossos amigos e amigas.
Obrigado!"

Como alguém que já sofreu muito com doenças de familiares e amigos, desta vez sou eu quem vos pede que assinem a petição. Pensem que amanhã podem ser vocês, a vossa mãe, avó, tia, prima, amiga ou namorada... Não vos custa nada assinar e pode servir para salvar alguém...

Roland Garros

Enquanto Roger Federer continua a sua caminhada para vencer o único torneio do Grand Slam que lhe falta, outros valores do ténis despontam.

É o caso, por exemplo de Robin Soderling que depois de eliminar o super favorito nº1 do Mundo Rafael Nadal, voltou a fazer das suas e fez Nikolay Davydenko dizer que se sentiu velho a jogar com o sueco.

Entretanto, no capítulo feminino Maria Sharapova falhou a sua tentativa de voltar em grande aos torneios do Grand Slam, ficando entre as 32 melhores tenistas desta edição do torneio.

O motivo principal deste post é dar-vos a conhecer uma tenista que se chama Simona Halep e é romena. Ela ainda surpreendeu na primeira ronda ao bater a nº17 do mundo Michaella Krajicek. No entanto, ficou-se pela segunda ronda... Se calhar sentiu-se pesada... Ora vejam só esta desportista na foto em baixo:



Como é que alguém consegue jogar com aquilo?

terça-feira, 2 de junho de 2009

O amigo Louçã


Ontem no treino, o meu amigo Specisalé contou-me uma história engraçada. Como ele não quis fazer disso post, eu trato de fazê-lo... Vou tentar contar isto tal como ele ontem mo contou:

"Ora hoje [ontem] estava eu sentado à espera do meu namorado ao pé da Câmara Municipal de Coimbra quando começo a ouvir os tambores. De repente vejo passar uma multidão enorme com e a fazer uma barulheira, montes de jornalistas e eu sem perceber o que se estava a passar... até que começo, ao longe, a reconhecer o Francisco Louçã.

Continuei sentado a ver toda aquela palhaçada até que, de repente ouço uma voz:
- Ora com licença... deixem-me cumprimentar aqui este jovem! - dizia o Louçã para os jornalistas que o cercavam.

E, dirigindo-se a mim e apertando-me a mão lá perguntou:
- Então, jovem, como vai isso? Está tudo bem consigo?

E eu, sem perceber sequer o que se estava a passar, já tinha sido rodeado por jornalistas e apanhado pelos fotógrafos que me apanharam no momento do passou-bem deste grande senhor."

Esta história narrada ao vivo e na primeira pessoa pelo Specisalé torna-se extremamente divertida. Contudo, infelizmente não dá para tornar o teatro que ele fez no balneário em post.

Mas o objectivo, neste caso, era outro: penso que isto retrata bem o ridículo que são as campanhas eleitorais... Será que é mesmo assim que se ganham votos? Se calhar até é... mas não deixa de ser ridículo, pois não?

Káká no Real Madrid

Segundo uma rádio de Madrid Káká vai tranferir-se para o Real Madrid numa transferência que rondará os 65 milhões. Parece que os 9 milhões de euros por ano que irá auferir em Madrid chegaram para convencer o brasileiro a mudar de ideias. Há uns meses dizia que queria ser o capitão do Milan e que nunca iria sair do clube.
Parece que mais uma vez os euros falaram mais alto, não?

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Guardiola, um treinador diferente...

Jogo futebol há 10 anos e sempre achei que se fosse treinador teria de fazer qualquer coisa diferente do que vejo a maior parte dos treinadores fazer. Porque acho que há treinadores que se esquecem que é importante manter o espírito de equipa, que é importante fomentar a união do grupo e fazê-los sentirem-se especiais. Guardiola pensa como eu. E deu resultado.

Aqui vos deixo o vídeo que mostrou aos seus jogadores antes de estes erguerem a taça da Champions League...



PS: Já há um blog privado com as fotos do jantar. Para acederem ao blog basta clicarem aqui depois de ter aceite o convite que vos fiz por mail. Se, por acaso, me tiver esquecido de alguém avisem-me pf.

Figo: Luís Figo

Não gosto da Serie A (campeonato de futebol Italiano). Contudo tem jogadores que eu sempre adorei, ou por serem uns autênticos campeões ou simplesmente pela sua postura dentro e fora de campo. Alguns casos são Maldini, Seedorf, Nesta, Kaká, Patrick Vieira, Ibrahimovic e, noutros tempos, Rui Costa ou Batistuta...

Ontem foi a vez do grande Luís Figo se despedir. Depois de Maldini seguiu-se o ex-capitão da Selecção Nacional. E a despedida foi fantástica, tal como a sua carreira. Agradeço, então, à Serie A pelo facto de nos dar a possibilidade de ver despedidas destas aos grandes jogadores que por lá passam.

Deixo-vos o vídeo de despedida do melhor jogador português que vi jogar e reparem na reacção do Figo quando Zanetti lhe tenta dar a braçadeira de capitão no início do jogo... Obrigado, Figo:





E já agora vejam o trabalho do Figo para o primeiro golo, ontem... E o último golo, de calcanhar, do Ibrahimovic...


Publicidade

Para efeitos legais é importante explicar que o nosso site usa uma Política de Publicidade com base em interesses.