domingo, 26 de julho de 2009

Jantar de velhas glórias, 25 de Julho de 2009

Mais um jantar, mais uma festa, mais uma vez com grandes amigos. Num estilo diferente do anterior, em casa do Dono dos Tecidos, este jantar tornou-se nalgo bastante especial. Fomos poucos presentes. Dois ou três dos selvagens voltaram a desiludir ao dizer que iam e ao não aparecerem (das maiores faltas de respeito que há...), mas ainda assim vivemos momentos fantásticos.

O meu muito obrigado ao Poulsen, que provou mais uma vez ser uma jóia de moço! Falámos de muitas das histórias antigas, revivemos momentos passados que nos fizeram crescer e tornar-nos no que somos hoje.

A festa durou até às 9 e tal da manhã. Obviamente que temos muitas mais histórias para contar. Há um post sobre Záguers, outro sobre a noite do Ranhoca, do Moutinho e do Argolinhas, outro sobre a noite de ontem em que estivémos na verdadeira selva e vimos um tarzan, outro sobre a vida do Nemo... Momentos memoráveis.

Só faltam as forças para escrevermos os posts em agenda. Porque ideias não nos faltam... felizmente ou infelizmente temos o condão de transformar em porcaria tudo em que tocamos, por isso basta falar sobre nós!

Com um grande abraço, obrigado a todos os presentes:
Dad-gar, Malvado, Felipão, Microfone, Ranhoca, Maldini, Argolinhas, Pitt, Poulsen, Nemo e Benitez...

2 comentários:

Anónimo disse...

E já ganhámos um jantar, não é verdade?

Ranhoca disse...

muito verdade!

Publicidade

Para efeitos legais é importante explicar que o nosso site usa uma Política de Publicidade com base em interesses.