domingo, 5 de abril de 2009

Azar do Karadas

A história que vos vou contar é digna de desenho animado, mas quer queiram crer quer não queiram é verdade. O Azar Karadas veio de uma daquelas viagens de finalistas a Andorra, na qual se passa uma semana a fazer ski. Mas para ir e para vir, os aventureiros têm de passar 30 horas fechados num autocarro (15 para ir mais 15 para vir).

Ora, liguei ao Azar a perguntar-lhe como tinha corrido a viagem e eis que a resposta me surpreendeu: “MAL!!!”

Começou então a narrar-me a história e eu não consegui evitar umas gargalhadas. Passo a explicar-vos:

O Azar Karadas pagou 500 euros. No primeiro dia, graças à sua extrema habilidade em cima dos skis, partiu o braço. Passou o resto da semana com gesso. Só por si, já tinha sido dinheiro bem empregue.

Finalmente, quando regressava a casa na viagem de autocarro de 15 horas, o Azar achava que nada mais lhe podia acontecer. Mas enganou-se. O Azar Karadas adormeceu na viagem. Quando acordou, tinha caído do banco, batido com a cabeça no chão e ficado pendurado pelo pé. Quando deu por si estava a sangrar da cabeça, com o pé torcido e a mão engessada. Como se já nada pudesse piorar, não havia enfermeiro a bordo e por isso tiveram de ser os próprios colegas a tentar tratá-lo usando o estojo de primeiros socorros que havia no autocarro. O Karadas acabou com a cabeça e o pé enrolados numa ligadura e o braço engessado.

Consta que, quando o Azar Karadas chegou ao Hospital, já em Coimbra, mandaram chamar um egiptólogo antes mesmo de terem chamado um médico:

2 comentários:

Céptico disse...

tem piada mas não pode ser uma história real!

Nódoa disse...

AHAHAHAH nao acredito nisto xD quem é o azar karadas ?

Publicidade

Para efeitos legais é importante explicar que o nosso site usa uma Política de Publicidade com base em interesses.