sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Error 4 : Teorias de Moutinho


Minuto 77. João ajeita a bola e dá dois passos atrás. Respira fundo, parte em direcção ao esférico, mas…Miguel engana-o, rematando primeiro, e faz GOLOOOOOOO. Todo o estádio se levanta e, em uníssono, grita a expressão mais bonita do futebol! António e a sua esposa também o fazem, visto que é um golo do seu filho. Contudo nota-se que há qualquer coisa que os corrói por dentro:
António chora, Miguel expulsa toda a sua raiva e frustração de menino e Jorge, na verdade, não sabe bem o que fazer perante tal situação. Encontra-se com um misto profundo de sentimentos e sensações.

Jorge desde de pequeno que apoiava o seu Sporting. Acompanhava-o para todo o lado e não podia ouvir sequer uma palavra de contestação ou maldição contra a sua equipa do coração. Aquando das suas tardes passadas a jogar matraquilhos com os seus colegas e amigos, escolhia sempre os bonecos verdes e brancos, fazendo questão de relatar os jogos. Nos cinco bonecos centrais revia os 5 violinos e chateava incessantemente os seus adversários com as histórias e golos do Travassos e do Peyroteo. Coisas de criança.

Miguel tivera um percurso contrário: Sempre acompanhara o pai e tinha orgulho nele. Era o seu herói. Guardava as suas camisolas, as bolas do jogo e tinha os autógrafos do Fernando, Humberto, Diamantino e do Néné. Sempre alimentou o sonho de jogar no seu clube do coração.

Calcem agora as botas e ponham-se numa situação semelhante. Têm um filho que partilha os mesmos gostos futebolísticos que o próprio pai, que acompanha efusivamente os jogos, tanto em casa como no estádio e, aquilo que o mais inspira, quando joga à bola, é o facto de pensar nos craques do seu clube. Vinga nos relvados e, mais tarde, surge-lhe uma proposta de um clube rival. Como lidariam com essa oportunidade?

Para além dos profissionais que se encontram em Miguel Veloso e Jorge Jesus, também há um lado humano. Não tenho dúvidas que o maior sonho do Veloso era jogar no Benfica e, por sua vez, o de Jesus estar no Sporting, onde já esteve na década de 80.

Traidores? Profissionais? Isso agora depende dos ideais de cada um.

21 comentários:

Mau-r-à-dona disse...

Há algumas coisas que importam explicar:
1 - o Miguel do texto (Miguel Veloso) queria jogar no Benfica mas não pode porque foi DISPENSADO por ser demasiado gordo. Logo, não teve opção de escolha.
2 - o caso de Jesus é diferente porque se tivesse esperado certamente acabaria por conseguir ir para o seu tão querido Sporting. O Jesus podia escolher, o Veloso não...

Mau-r-à-dona disse...

Mas isso pode levar ao caso do Figo. Barcelona/ Real Madrid.

A questão que aqui deixo é esta:
O Figo é mesmo pesetero ou é apenas um profissional que escolheu o que era melhor para ele?

Emaneme disse...

Obviamente que não são traidores. Eles antes de mais são profissionais. E quantas vezes não somos obrigados a deixar a nossa cidade e as pessoas de quem gostamos para ir para um novo desafio profissional?

Veloso, tal como o Jesus, fizeram o que acharam melhor para a sua vida. Não vejo mal nenhum nisso...

Bro disse...

Tomemos casos mais ilustrativos (tal como disse o Mau estes não são as melhores escolhas): Simão e Quaresma.

Simão traidor? Um jogador formado no Sporting que se torna num símbolo do maior rival: Benfica. É alguém que deve tudo o que é ao Sporting e que mostra a sua ingratidão com a escolha pelo Benfica...

Quaresma traidor? Claro... exactamente pelas mesmas razões. São uma vergonha para todos os adeptos.

Kafka disse...

Traidores ? Não , de todo. Como o Mau disse o Veloso foi dispensado pelos quilinhos a mais, logo se houvesse aqui algum traidor ele não seria de certeza, pois se não está no Benfica não é por vontade própria.
Quanto ao Jesus aproveitou a oportunidade que lhe foi colocada e não a desperdiçou, e tenho quase a certeza que se lhe fosse proposto a troca do Benfica pelo Sporting ele rejeitaria.

Virando-me agora para o Figo, sinceramente não sei se será um pesetero traidor ou um profissinal que apenas aproveitou a melhor oportunidade para ele. Mas se fosse adepto do Barcelona, não tinha dúvidas em responde .......

Kafka disse...

Ah, e parabéns Moutinho, post após post a qualidade destes vai aumentando : )

Kafka disse...

Ah , e Mau, mais uma coisa, não sei se tivesse esperado o Jesus conseguiria o convite do seu querido sporting, pois não me parece que se enquadre muito no perfil de treinadores do agrado do Bettencourt :p

Moutinho disse...

Utilizei o jesus e o veloso pois estamos perto de derby!

Mas ainda nao me responderam à pergunta. E se fosse com voces? E se tivessem um filho nestas circunstancias?

Moutinho disse...

Amanha vou levar um cartaz a dizer assim : "Jesus, o teu pai ainda chora por te ver treinar os lampioes".

Portanto, se virem estas palavras na sporttv, o anormal que se encontra por tras do cartaz é o Moutinho lol

Ranhoca disse...

A questao que se coloca é.. O que te deixaria mais feliz?

O teu filho estar feliz pela sua situação ou o teu filho estar numa situação que te deixa feliz??

No meu caso preferia a primeira pq ja a segunda n garante q o meu filho estivesse bem apesar de eu achar aquilo o melhor para ele.

Ponto bem assente. Na hora de optar, certamente a pessoa ha-de optar realmente pelo melhor e fazer por isso.

Jesus trabalhou bem e na hora de escolher escolheu o que era melhor para ele.

O Veloso que trabalhe bem tambem porra! Talvez consiga ser mais feliz num clube de maior renome. Então se for o benfica, é merecido q o sonho se concretize :)

Anónimo disse...

Pelos teus anos de associativismo, amanha poe o david luiz na esquerda, jesus. Em alvalade e na esquerda, ele resolve sempre :)

Couto disse...

Traidor!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

vou estar no estádio atenta ao cartaz .. x)

argolinhas disse...

o veloso na altura que saiu do benfica foi trocado pelo manuel fernandes...1 dos jogadores que eu menos gosto esse manuel fernandes...

argolinhas disse...

o veloso na altura que saiu do benfica foi trocado pelo manuel fernandes...nao gosto nada do manuel fernandes...

Anónimo disse...

Quem e o moutinho?

Mau-r-à-dona disse...

Subscrevo o comentário do ranhoca...

Mau-r-à-dona disse...

capítulo 5 amanhã às 11h ;)

gordo e feio disse...

Moutinho se eu tivesse um filho ou um familiar num clube que não fosse o meu é certo que o apoiaria em detrimento do clube! Ou mesmo aqui os selvagens de certeza que não se iriam importar de jogar no Vitoria de Espanha! (dando exemplos claro)
Trata-se, na minha opinião, de uma questão de profissionalismo..

Blogger Mau-r-à-dona disse...

Há algumas coisas que importam explicar:
1 - o Miguel do texto (Miguel Veloso) queria jogar no Benfica mas não pode porque foi DISPENSADO por ser DEMASIADO GORDO.
Os gordos nao podem ser jogadores é MAU???? -.-

Anónimo disse...

No famoso jogo dos 7-1, entre o 6 e 7 golos do Sporting, Os adeptos do Benfica, sentindo-se humilhados, começaram a queimar as bandeiras, cachecóis, e... até os cartões de sócio, como rezam as crónicas da altura.

Anónimo disse...

E no jogo do 0 a 0 os sportinguistas celebraram efusivamente essa enorme vitória que foi conseguir... empatar em casa com o Benfica!

Publicidade

Para efeitos legais é importante explicar que o nosso site usa uma Política de Publicidade com base em interesses.